Pirilampos da Gardunha

CAMINHADA / PERFORMANCE
Em Busca dos Pirilampos
Circular de baixa dificuldade / 6,5km

PROGRAMA SÁB. 30 JULHO 2022

18h00 Encontro na Casa do Guarda de Alcongosta
19h00 Performance / Colocação dos Pirilampos
20h00 Caminhada até ao Posto de Vigia da Gardunha
21h00 Observação dos Pirilampos e escuta / Lanche
22h00 Regresso a Alcongosta / Fundão

Em 2017, um terrível incêndio – mais um! – devastou a Serra da Gardunha. Por ironia do destino, esta catástrofe que afectou de sobremaneira a biodiversidade desta serra, aconteceu numa altura em que nos preparávamos para levar a cabo a primeira iniciativa no terreno em parceria com o PES, a primeira caminhada “Em busca dos Pirilampos”, precisamente uma actividade que pretende chamar a atenção do Mundo para a gradual e preocupante diminuição da biodiversidade actualmente em curso. 
Volvidos 5 anos, cá estamos nós, finalmente, prestes a percorrer a Serra da Gardunha em busca dos pirilampos. No lento renascer da Serra, esta iniciativa é um grito de alerta para a urgência do despertar das consciências para este problema e para o real, e frequentemente subestimado, impacto deste problema no nosso equilíbrio e na nossa qualidade de vida enquanto seres humanos. Trata-se de trazer à luz esta urgência de inverter o rumo que actualmente estamos a seguir. Luz é a palavra-chave pois a própria actividade será toda ela uma imersão e interacção com a luz e o diálogo entre esta, o granito e a paisagem que acontece no percurso que iremos seguir. 
A singela luz dos pirilampos fará a continuidade de um vale onde a Luz se passeia e se diverte. Daqui o nosso olhar consegue percorrer uma linha imaginária que começa na capela da Senhora da Luz, subindo pelo vale do Alcambar até aos afloramentos rochosos onde os nossos antepassados, impressionados certamente por esta dança da Luz que se lhes oferecia ao olhar, fizeram questão de gravar representações do astro maior. Este percurso visual termina finalmente nas largas lajes graníticas das Pedras de Luz que, pelo menos desde tempos medievais mas muito provavelmente até antes, regeram o tempo das jornadas de trabalho nos campos do vale, marcando com o seu brilho o momento do zénite solar.  
Partamos, pois, em busca dos Pirilampos.

David Caetano

Caminheiros da Gardunha / Telemóvel: 965 705 599
http://www.caminheirosdagardunha.pt